segunda-feira, março 13, 2006

Fábio Adiron


Fábio Adiron Ribeiro é o mais recente integrante da Equipe Kerigma Online. Fábio é um irmão mais que especial - pouco conhecido no mundo evangelical (fora de sua denominação presbiteriana), mas muito conhecido por sua forte atuação e participação nos movimentos de inclusão social e por sua brilhante carreira como especialista, professor e consultor em Marketing Direto.

Oriundo de tradicional família cristã, Adiron é presbitero, estudioso da Palavra e músico de mão cheia (e coração também). Casado e pai de dois filhos, tem vivido uma aventura, pela graça de Deus, com o caçula Samuel, portador de SD.

Abaixo um extrato de um ping-pong com perguntas e respostas para conhecermos um pouco desse precioso irmão.

Como é o seu cuidado com o Samuel?

Os cuidados com o meu filho, são os mesmos que com qualquer outra criança, com duas exceções. A primeira é que ele nasceu com uma cardiopatia congênita (fato que ocorre com mais frequência na SD, mas também acontece com outras crianças sem SD) e, portanto, precisou de cuidados médicos adicionais até ser submetido a uma cirurgia corretiva. Além disso, o que é muito importante para crianças com SD é a estimulação precoce, que nada mais é do que antecipar estímulos para que o desenvolvimento seja o mais próximo do padrão.

Quais experiencias de superações e sentimentos você pode compartilhar conosco?

Eu teria de fazer uma lista. Mas acho que a melhor definição é a seguinte : mesmo sempre acreditando que ele vai fazer as coisas, a gente sempre tem, lá no fundo, um sentimento de que ele vá ser limitado. E quando ele faz e, por conta própria, a gente se surpreende. Eu lembro que uma vez estavámos conversando eu, meu pai e o Samuel. Aí eu falei para o meu pai : "O Samuel já está lendo as letras pequenas...", ele (Samuel), me deu uma cortada e falou : "Pequenas não....minúsculas..."

Você é ativo na questão da inclusão e coordena um grupo de discussão - como é isso?

Nós temos um grupo de discussão com quase 800 pessoas entre pais, profissionais de saúde e educação. As experiências são as mais variadas. Discutimos as dificuldades (qual pai não tem dúvidas sobre a criação dos filhos ?) e as vitórias. Temos momentos felizes e outros nem tanto. Todos passaram pelo choque inicial da notícia, depois por uma fase de busca de culpados. Mas quando descobrem que não é o fim do mundo, vão à luta pelos filhos que amam. Alguns pais demoram um pouco mais para passar pela fase do luto. Raríssimos nunca saem dela. Os que vão em frente são muito felizes.

E o movimento de inclusão, como é essa luta?

A questão da inclusão é uma luta permanente. Quando falamos em inclusão não é preparar nossos filhos para essa sociedade que está aí, mas lutar para que a sociedade se modifique de forma a acolher bem todas as pessoas. Nós queremos transformar a escola, o trabalho, o lazer, em espaços que valorizem a diversidade. Isso incomoda muita gente que está firme e forte no seu status quo.Por outro lado, aqueles que estão se dispondo a se transformar e, assim, transformar o seu meio, estão descobrindo um mundo mais rico e mais valioso. Como diz a Profa Maria Tereza Mantoan da Unicamp : "Inclusão é o privilégio de conviver com a diferença". As pessoas que descobrem esse privilégio , descobrem junto que a vida pode ser muito melhor.

2 Comments:

Anonymous Anônimo said...

a paz boa noite visite nosso site
www.camisetaskerigma.com.br

qua ago 09, 10:44:00 PM  
Anonymous Anônimo said...

DOn't you know what else can help ? Because I do not know to whom address.
I was prescribed Carisoprdol which I bought here. But maybe I bought something wrong?
soma
soma
or here phentermine

qua mar 28, 04:05:00 PM  

Postar um comentário

<< Home